Conservação de equipamentos e aparatos

Esse artigo trás um pouco das experiências e vivências de armeiros, caçadores e esportistas dos EUA, agradeço a oportunidade de participar de uma Live (*) feita pelo escritor de esportes ao ar livre: Tom Keer & Doug Turnbull; armeiro; uma grande oportunidade de entrar em contato com experiências que praticamente não vivenciarmos em nosso país tropical.

(*) Live streaming refere-se a media de streaming simultaneamente gravados e transmitidos em tempo real. É frequentemente referida como live ou streaming, mas ambos os termos abreviados são ambíguos.

Segurança

Seja em qualquer parte do mundo, atividade, grau de experiência; um bom atirador é um atirador seguro.

Usar sempre equipamentos de proteção: óculos, abafadores, kit de limpeza e lubrificação, vestuário adequado tanto seu como de seus companheiros de caçada – cães.

Tratar toda arma como carregada.

Nunca apontar para nada que não queira atingir

Cuidado ao se deslocar respeitando os ângulos de tiro entre todos os caçadores.

Tenha certeza de seu alvo e o que está além dele.

Use munição correspondente a sua arma.

Muito embora isso não aconteça com frequência, colocar um cartucho de espingarda calibre 20 em uma espingarda calibre 12 pode ser mortal. A tal ponto que a SAAMI, em recomendação informal, aconselha a quem possua uma espingarda calibre 12 não adquira uma espingarda calibre 20.

NOTA – SAAMI – Sporting Arms and Ammunition Manufacturers’ Institute – O Instituto dos Fabricantes de Armas e Munições Esportivas (SAAMI, pronuncia-se “Sammy”) é uma associação de fabricantes americanos de armas de fogo, munições e componentes criada em 1926. A SAAMI é uma desenvolvedora de padrões credenciada que publica várias normas nacionais que fornecem padrões de segurança, confiabilidade e permutabilidade para fabricantes comerciais de armas de fogo, munições e componentes. Além disso, a SAAMI publica informações sobre transporte, armazenamento e uso seguros e responsáveis esses produtos.

Sempre limpar e lubrificar após o uso

Fato real ocorrido em caçada. Assim vamos tratar nosso caçador por – Homer Jay Simpson; sim o personagem do desenho!

Homer tinha acabado de voltar de uma caça ao pato-marinho, em um gelado final de dezembro. Seu primeiro trabalho deveria ser tirar a areia e o sal de dentro e de fora da sua espingarda. Em seguida, pendurar o equipamento entre a fornalha e o desumidificador, para secar, preparando-se para a caça de amanhã; antes de limpar e preparar os pássaros caçados. Seus abates foram limpos e preparados pelos outros caçadores, por uma razão ética da caça esportiva: não desperdiçar a coleta.

Mas, Homer devido ao frio, ao invés disso, foi tomar um banho quente. O calor relaxante o deixou cansado, então ele tirou uma soneca. Homer acordou algumas horas depois, comeu uma grande tigela de sopa, algumas doses de uísque com três dedos caubói e loo acabou voltando a dormir.

Pela manhã, sua espingarda estava uma bagunça. Formação de ferrugem na caixa da culatra, os pinos foram congelados firmemente ao conjunto do gatilho e a corrosão e a areia impediram o deslizamento da ação pump. O tubo de estrangulamento estava preso e não iria sair tão cedo. É hora de ver um armeiro.

Conselhos de um armeiro por Doug Turnbull da empresa Turnbull Restoration

“A negligência é uma das muitas razões para o fracasso das armas de fogo. Outros problemas comuns vêm de acidentes, enquanto outros são o resultado do uso regular ao longo do tempo.”

Turnbull é um mestre em restaurar armas de uma condição ruim para uma como nova e, ao longo dos anos, viu de tudo. Segundo ele, essas são as formas mais comuns de estragar sua arma.

Deixe sua arma no estojo

“Ninguém está isento de problemas com armas de fogo, nem mesmo eu”, diz Turnbull. Lembra de uma situação estranha que ocorreu enquanto caçava na cordilheira Brooks, no Alasca. Minha arma pessoal, um Winchester 1886 com câmara .475, sofreu alguns danos naquela viagem. Não veio proveniente de quedas em qualquer uma das rochas ou xisto solto.

 

Estranhamente, os danos vieram por trazer o rifle para minha tenda.

O calor e a umidade de nós, caçadores, na barraca, causaram condensação nas paredes de lona. Isso foi levado para o meu rifle e quando acordei, meu Winchester estava coberto de ferrugem.

Removi a ferrugem polindo a ação e os canos com um pano e óleo de arma. Mas depois disso, mantive meu rifle fora da tenda e não houve outros problemas.

Quando estiver caçando em clima muito frio (abaixo de zero ° C), sempre guarde seu rifle ou espingarda na caixa ou estojo quando voltar para o acampamento. Armazene-o na área mais seca possível.

Se sua viagem incluir a caça em ambientes frios e em altitudes elevadas, mantenha seu rifle na barraca de carga. Não haverá uma diferença de temperatura tão grande na barraca de mantimentos quanto nas barracas de caçadores.

Tenha cuidado ao apoiar sua arma

Em um Clube de Tiro, sempre que não estamos usando nossas armass, as mesmas devem ser guardadas em seus cases ou em suportes apropriados (racks), sempre abertas e descarregadas. O mesmo deve ser feito durante a caçada.

Acidentes comuns são amassados ​​em canos, amassados ​​nas ações e coronhas lascadas ou trincadas, diz Turnbull.

“Na maioria dos casos, eles vêm de um rifle ou espingarda, apoiado, e que cai de um veiculo. Outros danos vêm de pessoas indo embora, pensando que sua arma de fogo está armazenada quando está realmente fora do veículo. Mas certifique-se de que suas armas de fogo estão devidamente armazenadas antes de partir. “

Cuidados especiais ao armazenar suas armas, para sempre ficarem fora de alcance dos cães. Quem já caçou sabe que os cachorros ficam muito agitados, nos primeiros dias da caçada e caso as armas estejam mal armazenadas os cães podem derrubá-las e até mesmos pisoteá-las. Não custa lembrar mais uma vez: guardar armas descarregadas e abertas.

Um outro cuidado que merece atenção é se sua arma tem um padrão de camuflagem, você pode deixá-la em um local onde ela simplesmente “desaparece”.

Use lubrificantes adequados para as condições climáticas

Aqui no Brasil temos a sorte de que dificilmente as condições climáticas vão estar além das capacidades funcionais dos lubrificantes por nós utilizados. Mas em regiões climáticas muito extremas, há necessidade de se utilizar produtos adequados para certas faixas de temperatura.

Já deve ter ouvido falar em pneus de verão e pneus para inverno. O mesmo ocorre com os lubrificantes.

“Os problemas também vêm de armas de fogo lubrificadas com produtos de verão levadas a baixas temperaturas”, diz Turnbull.

“Eles funcionam corretamente quando você está padronizando-os no verão. Mas em climas frios, grandes quantidades de óleo ou graxa podem ficar grossos o suficiente ou cristalizarem para impedir o correto funcionamento”.

Antes de sair para caça, treino e ou competições, tenha certeza de utilizar lubrificantes que operem corretamente no clima em que a arma vai estar exposta (lubrificantes para altas temperaturas e lubrificantes para baixas temperaturas).

Não basta utilizar o produto certo; tem antes que retirar o lubrificante antigo para depois aplicar o novo.

Um fato que para nós causa polemica é lavar a arma com água e sabão, fato extremamente comum nos EUA, principalmente para os que utilizam armas de pólvora negra. Claro; lavar, secar muito bem e lubrificar.

Doug Turnbull alerta. O óleo tem uma vida útil e assim como você troca o óleo regularmente do seu carro, você deve trocar o óleo da sua arma. Para exteriores, use sprays hidrofóbicos (Water Displacement – WD), pois eles afastam a umidade do metal.

Para aqueles que duvidam das propriedades do WD 40, que pessoalmente sou usuário frequente.

WD 40 – USO EM ARMAS DE FOGO

Para proteger sua arma da umidade e da ferrugem, antes de guardá-la

Para lubrificar as partes móveis e eliminar os vapores da queima do cartucho (não aplicar na munição)

Não há necessidade de remover WD-40® Produto Multiusos quando precisar usar a arma novamente (não aplicar na munição)

NÃO RESSECA BORRACHAS, NÃO ATACA A PINTURA, NÃO AGRIDE MADEIRA,

PLÁSTICOS E TECIDOS. PODE SER USADO EM CONTATOS ELÉTRICOS.

Cuidado ao limpar o cano

Ao limpar o cano da arma, use uma guia de haste de limpeza, isto é uma haste de limpeza encapada ou uma corda de limpeza comumente chamada de “bore snake”. O uso de haste protegida é para não danificar o interior do cano, evitar o contato de metal com metal.

Use hastes de limpeza feitas de madeira, fibra carbono ou simplesmente as encape com algum tubo plástico.

Turnbull diz que – “A limpeza inadequada pode arruinar a arma. As ranhuras helicoidais usinadas na superfície interna do cano vão da culatra a boca. Varas de limpeza devem ser utilizadas da mesma maneira, ou seja, da culatra a boca. O dano à coroa ocorre quando as hastes de limpeza são aplicadas ao contrário, que vai da boca à culatra.”

Quando a haste de limpeza, sem proteção esfrega contra a estria e a coroa da arma, ocorre dano, o que afeta a precisão. No final de um dia longo e cansativo é fácil querer uma limpeza rápida, mas isso acabará por estragar o rifle. Se você quiser limpar rapidamente, use uma corda de limpeza ou uma vara de limpeza revestida que mantenha as estrias e coroa da arma intactas.

A maneira correta de limpar uma arma é: retirar os resíduos de pólvora e qualquer chumbo. Umedeça um pedaço de pano ou papel de limpeza com solvente passe pelo interior do cano. Repita até ficar limpo o pano ou papel saírem limpos. Passe o pano ou papel seco no cano para remover qualquer solvente e em seguida, passe o papel ou pano levemente untado com óleo para proteger o interior do cano.

Em espingardas com choques cambiáveis: retirar, limpar e lubrificar as roscas do choque

Verifique se sua coronha está bem fixada

A coronha sofre muito dos efeitos do recuo da arma, como causa disso os parafusos que a fixam junto a arma; com o tempo podem se soltar ou apresentar alguma folga. Isso provocará um jogo entre a coronha e a arma. Tal folga pode resultar em trincas, lascas ou até mesmo quebra total da coronha.

Sempre verifique que sua coronha esteja bem presa na sua arma.

Use ferramentas adequadas para sua arma

É importante usar chaves de fenda (e outras ferramentas) de tamanho adequado ao desmontar uma arma.

“Vejo uma série de parafusos danificados”, diz Turnbull. “Eles vêm de pessoas que usam ferramentas comuns em armas de fogo.”

As cabeças dos parafusos ficam mastigadas com o uso de chaves de fenda genéricas e também podem ser apertadas de maneira inadequada.

Evite esses problemas usando ferramentas de precisão: que se encaixam perfeitamente nas cabeças dos parafusos e resolvem os problemas antes de começar.

 

Em caçadas é muito comum em caso de queda o cano ficar obstruído com lama ou sujeira, sempre leve um kit de limpeza e limpe o cano.

Os armeiros podem remover a maioria das marcas, mas os calombos e amassados são difíceis, senão impossíveis, de consertar. Espingardas com deformidades no cano, não são seguras para atirar, portanto, inspecione e conserte seus canos antes de usá-los.

Os cursos de segurança enfatizam a importância de manter os diferentes cartuchos separados.

Ocasionalmente, porém, cartuchos de calibre menores são colocados em uma espingarda de calibre maior (o caso de uma espingarda calibre 12 carregada com um cartucho calibre 20). Essas cápsulas de bitola menores se alojam no interior do cano e quando uma cápsula de bitola correta é adicionada e em seguida, disparada, ocorre uma explosão.

Felizmente, esse tipo de acidente não acontece com frequência, mas, quando acontece, não é apenas problemático para a espingarda, mas também perigoso para o atirador.

 

Cuidado com munição

 

Utilize sempre a munição correspondente com o calibre de sua arma. Combinar a munição com a mesma especificação estampada no cano da arma.

Armazenar toda munição em local apropriado, seco, arejado e longe do calor ou frio extremo.

Ao utilizar munição recarregada tenha certeza de que o processo de recarga foi feito de modo correto e qualificado.

VANTAGENS DE TER UM TÉCNICO DE TIRO ESPORTIVO

Muito embora as primeiras medalhas olímpicas conquistadas pelo Brasil, tenham vindo do tiro esportivo e de ser um esporte bastante popular aqui e no mundo; o conceito de ter um técnico de tiro esportivo é novíssimo em terras brasileiras, existindo até mesmo um certo preconceito, com relação a treinadores de tiro, sendo comum ouvir: ” tem que atirar melhor que eu”, “tem que ser campeão olímpico para isso”…etc.
Se fosse verdade, hoje no mundo haveria menos de uma centena de técnicos de tiro “qualificados”.

Como melhorar seu score

Propostas para melhorar seu escore em qualquer disciplina de tiro, sem gastar muito.
Não! Não é uma propaganda de venda, do comércio eletrônico, e-commerce, comércio virtual ou uma fórmula mágica! Trata-se de adotar posturas, comprometimentos e atitudes que influenciarão significativamente de modo expressivo; com clareza e positivamente nossas atividades e vida.


Competir
A melhor forma de avaliar nosso nível técnico, habilidade, destreza, eficiência, preparo e condicionamento é competir. Também de desfrutar de um evento esportivo organizado, passar tempo com companheiros de tiro e acima de tudo, melhorar.
Claro, esses eventos são tremendamente divertidos, onde buscamos superação, evolução, desempenho, rendimento…

 

Mas se não vemos mudanças para melhor; ficar estagnado, sem progresso, evolução. Essa posição nunca é um bom lugar para se estar em qualquer área da vida, em uma competição não é diferente.
Independentemente da disciplina ou liga em que você atira, existem algumas dicas, informações, conselhos e idéias que são úteis para subir na tabela de classificação, além de evoluir como ser humano. E o mais importante, praticamente sem custo nenhum!

Disciplina

No decorrer das pesquisas para este artigo, ouvi o Pastor Josué Gonçalves; sempre agradável, confiante, positivo…
Durante sua pregação sobre as figuras: atletas e soldados na bíblia; nos lembra que a palavra associada à estas duas figuras é a disciplina. Ele destaca três pontos: sabedoria, disciplina e paciência para se atingir qualquer objetivo na vida.
Disciplina para: treinar, comer, beber, estudar, trabalhar, dormir, seguir as regras, ética…etc. Essa é uma chave para o sucesso em qualquer área do desenvolvimento humano. E ao sermos disciplinados, aperfeiçoamos nosso auto controle, auto domínio. A mente dominando o corpo, para o tiro esportivo isso é vital. Afinal o tiro é 90% mental.

Manter-se em forma
Este tópico é a primeira preocupação de qualquer pessoa que pratica esportes e isso inclui o tiro. Lembre-se de que o condicionamento para atirar não se resume a um elemento, apenas. Devemos buscar: força, capacidade cardiovascular, conectividade, flexibilidade… Condicionamento físico muito semelhante ao de um artista marcial.
Compreende também uma nutrição correta, sono, desenvolver e seguir um programa – Disciplina, caráter e auto controle.

Treine exercícios para melhorar o equilíbrio. Trabalhar o equilíbrio corporal é crucial tanto para a performance como para a prevenção de lesões, independentemente do tipo de atividade física. “Quando treinamos nosso equilíbrio, estamos tentando melhorar nossa propriocepção, ou seja, a capacidade de o próprio corpo avaliar em que posição se encontra no espaço, a fim de manter equilíbrio parado, em movimento ou ao realizar esforços”, diz Alex Bunt, treinador de força da consagrada esquiadora norte-americana Lindsey Vonn. “Quanto maior for sua consciência corporal nesse sentido, melhor atleta você será”. Maior equlibribrio e consciência corporal, significa um base (união chão e corpo) melhor, mais estabilidade para os movimentos do tiro.


Leia e estude sempre
Quando você pega um livro, uma revista, um jornal ou qualquer outro meio de informação, fica com aquela angústia de largar tudo e realizar outras tarefas? Não sabe mais o que fazer para ter o hábito de leitura no seu dia a dia?
Saiba que não é a única pessoa que sofre com isso, pois de acordo com dados da última pesquisa Retratos da leitura, do Instituto Pró-Livro, a estimativa é que 44% da população brasileira não têm esse hábito. No entanto, ler é primordial para se dar bem nos estudos, ter uma carreira exemplar, progredir, se auto desenvolver… e melhorar o seu potencial pessoal.

O hábito da leitura e da pesquisa, trabalha a paciência. Essa é uma dica que serve para qualquer campo da sua vida, afinal, a paciência é um dos pilares da inteligência emocional e ajuda bastante a ter concentração no que faz. Ser paciente em relação à leitura é ter a consciência de que não adianta desistir tão fácil, pois é preciso manter a sua rotina e cumprir as metas que estabeleceu.

 

Por isso, comece devagar, no seu tempo e adaptando aos poucos a essa jornada incrível que é adquirir conhecimento por meio de livros, jornais, revistas, blogs e outros meios. Se o livro estiver um pouco chato, pare um momento e retome a leitura em outra oportunidade, isso estimula o cérebro a pensar no tema e contribui para você não enjoar tão fácil.

Qualquer curso que você faça, normalmente sempre haverá uma parte teórica e outra prática. Portanto ler estudar é um forma de sempre estar na vanguarda de qualquer atividade.

Devemos ter em mente que o tiro esportivo, não se resume apenas em alvos, equipamentos e insumos; existem muitos aspectos Inter-relacionados, como: física, balística, metalurgia, química, matemática, lubrificantes…etc.
Outro beneficio da leitura esta em se aprofundar nas regras do esporte, isso é um dever e uma regra de etiqueta para com os outros atletas da competição. Saber muito bem as regras do evento e os demais códigos da competição.

A leitura possibilita
Escrever e falar melhor, com vocabulário maior. Pessoas que lêem mais possuem um vocabulário mais rico e maior, portanto, na hora de escrever e falar, conseguem organizar as palavras de uma forma mais fácil de ser compreendida.


Aprender e resolver problemas

A leitura ainda é a melhor forma de entender melhor sobre qualquer assunto e consumir informação. Atrelado a isso, a capacidade de resolver problemas também é estimulada na leitura, pois histórias reais ou ficcionais trazem à tona obstáculos que podem ser encontrados de forma semelhante na vida real.
A leitura desenvolve a concentração, o foco seletivo e a imaginação, ajudando a manter o cérebro saudável e jovem. Além disso, também melhora a memória e ajuda a prevenir o Alzheimer.
Ser uma pessoa melhor. Alguns livros tem o poder de humanizar e aflorar os sentimentos, desenvolver a empatia e motivar os leitores a correrem atrás dos seus sonhos e objetivos. Além disso, com o desenvolvimento da empatia, a leitura desenvolve a habilidade de ver diferentes perspectivas de uma mesma história.
Ser uma pessoa mais agradável. Uma pessoa que tem o hábito de ler, provavelmente tem mais conteúdo para uma conversa e como a leitura costuma ser uma forma de fugir um pouco da realidade, bons leitores possuem um nível de estresse inferior em relação às pessoas que não possuem o hábito de ler.
Criatividade. A criatividade dos leitores são muito mais potentes se comparada a de pessoas que não possuem o hábito de ler. A leitura de histórias potencializa a criatividade na hora de ter novas idéias, resolver problemas e criar algo novo, em diversas áreas do conhecimento.


Autoestima

É comum que pessoas que possuam o hábito de ler se sintam mais inteligentes por estarem absorvendo conteúdo e aprendendo, portanto, tendem a ter uma autoestima mais elevada.
Qualquer que seja a disciplina de sua preferência, é quase certo que pelo menos um campeão mundial tenha alguns volumes escritos sobre o que você busca melhorar. Se eles não escreveram um livro, eles escreveram pelo menos alguns artigos.
Portanto ler e estudar nos torna pessoas melhores, com uma maior bagagem para superar os desafios metais e físicos, tanto na vida como no esporte.
Sim as mães sempre estão certas quando nos aconselham. – Estude, leia mais.


Pesquise, planeje
Pesquise sobre armas, munições, técnicas… Porque podem dar a você, atirador competitivo: uma vantagem.
Planejar e pesquisar sobre uma determinada competição, traz mais segurança e confiança quando chegar o momento do evento real. Sendo uma forma de vivenciar mentalmente a competição. Todos os grandes atletas assim o fazem.
O planejamento ajuda em muito a se preparar para contra tempos eventuais ou torna mais fácil sua superação.

Pratique
Pratique principalmente o que é difícil para você ou o que você não gosta de fazer. Treine em condições adversas: chuva, frio, calor…etc. Deste modo você obterá vivencia, experiência. Não será mais um grande desafio. Já passou por isso. Seu condicionamento físico e mental superou ou na pior das hipóteses resistiu a provação
Com o tempo, podemos nos encontrar em um ciclo vicioso com coisas nas quais não somos bons. Nem sempre vamos poder nos esquivar dos problemas e dificuldades. Treinar para vivenciá-los e superá-los, irá nos encorajar, estimular, reforçar, aguçar. Uma dose de autodisciplina é tudo o que necessitamos para quebrar o ciclo redundante e reforçar nossa auto determinação, auto controle e resiliência.
A resiliência é a capacidade do indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – choque, estresse, algum tipo de evento traumático, entre outros.
Portanto, certifique-se de passar muito tempo atirando no seu lado fraco ou naquela posição que dói um pouco. Realizando seus maiores ganhos nessas áreas.


Treine a seco
Uma forma de construir e desenvolver nossa memória muscular. A memória muscular é uma forma de memória procedural ou de procedimento, que envolve a consolidação de uma tarefa motora específica na memória por meio da repetição, que tem sido usada como sinônimo de aprendizagem motora.
Treinar seco é como o Kata para um artista marcial. Kata são rotinas de ensino usadas para preservar e passar o know-how. O sufixo kata significa “forma de fazer”. Ele se refere à forma ou padrão que pode ser praticada para desenvolver habilidades particulares e mentalidade. Por meio da prática corpórea, o padrão de um kata se torna uma segunda natureza, instintivo. Nossa memória muscular.
Tiro seco é a prática de “disparar” uma arma de fogo ou arco sem que ela esteja municiada, ou com munição inerte fabricada especialmente para treinamento. O tiro seco é uma forma econômica de treinar: segurança no manejo de armas de fogo, montagem, empunhadura, visada, PNT – Posição Natural de Tiro…etc. Podendo ser praticado em locais onde disparos efetivos não podem ocorrer.
Quanto menos munição tivermos, mais treino seco devemos fazer e planejar de modo mais eficiente possível nossos treinos reais e participações em competições.
Obs.: Geralmente, armas modernas que utilizam cartuchos de fogo central podem ser disparadas em tiro seco normalmente, enquanto muitas armas, especialmente as que utilizam cartuchos de fogo circular, podem ser danificadas caso disparadas sem munição.


Escute
Pergunte, converse escute outros atletas. Normalmente sempre estão dispostos a compartilhar e multiplicar técnicas, conhecimento e experiências.
Devemos escutar não apenas os grande atletas. Devemos saber escutar todos os atletas. Nem todos passaram por certos desafios e dificuldades. Pode ser que um atirador menos experiente tenha enfrentado, superado, e dominado desafios que você ainda não vivenciou. A maioria está ansiosa para lhe contar como o fizeram. Basta ter coragem para perguntar.


Respire
Respiramos a cada instante. A maioria das vezes sem perceber, afinal, é um mecanismo natural do corpo humano que leva o oxigênio até os pulmões, onde será distribuído para todo o sangue. A medida que vai passando pelo nosso corpo, as células vão se alimentando, vitalizando e sendo desintoxicadas. Uma boa respiração favorece todo nosso corpo, trazendo benefícios para os rins, fígado, pulmão, intestinos, coração e pele. Além disso, melhora a circulação sanguínea e a memória, regenera as células, acalma corpo e mente e reduz o estresse.
Respirar profundamente traz alívio da ansiedade, estresse, melhora o foco e concentração. Já percebeu como muitas técnicas de relaxamento são focadas na respiração? Pois bem, não é uma afirmação falsa ou infundada. A respiração profunda ajuda sim a relaxar, tanto emocionalmente quanto fisicamente. Ao respirarmos profundamente, o corpo entende que não há perigo e pode relaxar, liberando substâncias calmantes no cérebro e no corpo. Os músculos ficam menos tensos, os batimentos cardíacos desaceleram e somos invadidos por uma sensação interna de paz.

Crie um diário de treinamento ou Data book de treinamento
Data book é um livro composto por diversos documentos e anotações que mostram o histórico de execução de um serviço, método, técnica, exercício, fundamento, desempenho em provas… Esses documentos podem seguir diversas normas diferentes e devem ser gerados durante a execução do trabalho.
Diário de treino, é onde você anota todas as particularidades ou as principais características que você executou no treino ou competição. Como por exemplo, o tipo de exercício que você fez, técnica a ser dominado, procedimentos, resultados, etc.

O diário de treinamento é provavelmente o item mais valioso para o atleta, pois ajuda a planejar os trabalhos e exercícios futuros e ao mesmo tempo, um diário de treinamento organizado e devidamente preenchido ajuda a analisar o processo de treinamento e desenvolvimento. Esta característica do diário é especialmente importante, porque ajuda a selecionar esquemas preparatórios que tiveram sucesso. O data book de treinamento também ajuda a eliminar erros semelhantes cometidos no passado e que se tornaram inadequados para o atleta.
Participe de mais competições
A única maneira de experimentar, vivenciar os rigores da competição é disputá-la de verdade. Claro, os treinamentos, práticas também fazem parte do quebra-cabeça. Se você quiser melhorar seu desempenho no tiro ou em qualquer esporte, uma das coisas mais fáceis que você pode fazer é simplesmente concorrer em mais campeonatos.

Tudo isso proporcionará quen os tornemos mais profissionais, mais desenvolvidos tanto na arena esportiva como no aperfeiçoamento e na melhoria das nossas qualidades humanas.

Juntos somos mais fortes!

Fatos sobre armas de fogo

As armas de fogo foram criadas com o intuito de tornar os homens iguais.
Numa abordagem mais agressiva, geralmente narrativa desarmamentista, constuma-se alegar que armas foram construídas exclusivamente para matar, mas não é verdade. As armas podem matar, mas servem para defender, defender de tiranias, agressões injustas e desproporcionais e muito mais que iremos abordar aqui nesse artigo.

Armas são ferramentas que servem para caçar, praticar esportes e defender vidas. O hábito de caça e alimentação é melhor analisado há cerca de 40 mil anos atrás, época em que nossos ancestrais se assemelhavam a nós e começaram a produzir artefatos para caça;

Calibrando sua mira/zerando sua arma

Tal artigo surgiu quando presenciei a tentativa de calibrar uma mira holográfica, também conhecida como Red-Dot. Já estava saindo do clube, mas a conversa com o pessoal estava boa e fui ficando… Eis que surge um atirador trazendo sua arma novinha, saindo da caixa, um T 4, acopla direto uma mira Red-Dot, em seguida parte para zerar sua arma. Sem usar sacos de areia (ratos mortos) ou “Bench – Rest” (estativa, suporte para fixar armas), fazendo uso de um alvo de papel tipo silueta e na distância de uns 8 a 12 passos. Até comentaram, sem um colimador vai ser difícil. Resultado,