section-6b92a4f
https://cacbrasil.org.br/wp-content/uploads/2021/05/Armas_1547640008-556x357.jpg

A reconstrução da culturas das armas

O caminho para a "liberdade" plena, é muito mais difícil do que se possa imaginar e pensar que será algo tão simples é mera ilusão que nos atrai, porque queremos acreditar que, de uma hora para outra, teremos aquele modelo de liberdade americana  que tanto sonhamos. É hora de cair na real e entender que em anos de desarmamento no Brasil e com diversos especialistas e entidades de renome atuando, infelizmente, nada mudou pra melhor.
A nossa cultura foi destruída e poucos foram os avanços políticos em pouco mais de 18 anos; algo está errado, concorda?

Nada Mudou

Mas você já se perguntou por que nada mudou?

Nós da Associação CAC Brasil acreditamos que para alcançarmos o que queremos, no que diz respeito à essa liberdade tão sonhada, no esporte e na legítima defesa, devemos entender o país, a constituição e como podemos chegar onde queremos.

Muito se fala na liberdade americana.

Precisamos entender que a liberdade dos americanos é algo que está presente na sua cultura e entranhado em sua constituição; algo que a esquerda destruiu no Brasil invertendo valores, disseminando mentiras e assustando as pessoas com falácias de que "mais armas mais mortes"

Mas não é impossível reconstruir nossa cultura e conquistarmos nossa liberdade plena, se seguirmos o caminho certo!

A Segunda Emenda foi adotada em 17921 e em 1868 adotaram a Décima Quarta Emenda. O efeito dessas duas emendas mantiveram o direito dos cidadãos possuirem armas para sua defesa. Mas no Brasil nossa constituição não prevê isso, prevê o direito à vida, mas como defender a vida sem uma ferramenta que nos torne iguais e não vulneráveis aos ataques covardes?

Precisamos de uma constituição mais justa e leis que permitam que a liberdade com armas seja menos controladora e burocrática.

Nos EUA vedem armas em qualquer loja de departamentos, mas lá tem leis que asseguram que o indivíduo que cometa algo ilegal com sua arma de fogo, irá pagar e pagar caro.

Um exemplo de legislção para disparo ilegal de armas de fogo nos EUA:

O disparo ilegal de arma de fogo nos EUA pode ser considerado crime ou contravenção, dependendo do estado e das circunstâncias do caso. Os delitos de contravenção são menos graves do que os crimes, embora ambos possam resultar em penas criminais significativas.

A cadeia

As penas de prisão para disparo ilegal de arma de fogo diferem amplamente dependendo do estado ou da cidade. Para algumas violações da lei municipal, pode não haver nenhuma pena de prisão associada, enquanto as acusações de contravenção podem resultar em alguns dias ou até um ano de prisão. Crimes criminais, especialmente quando uma pessoa dispara sua arma em uma casa ocupada ou dispara sua arma de uma forma que arrisca a segurança humana, pode resultar em penas de prisão de cinco anos a mais.

Multas

As multas para disparo ilegal de arma de fogo também variam significativamente. As multas por decreto da cidade podem ser tão pequenas quanto cinco dólares, enquanto as multas por contravenção geralmente variam entre US$ 50 e US$ 1.000. Multas criminais são muitas vezes muito mais significativas, às vezes até US $ 10.000 ou mais.

Liberdade condicional

Você também pode ser sentenciado à condicional pelo disparo ilegal de uma arma. As penas de liberdade condicional normalmente duram pelo menos 12 meses, mas podem exceder três anos em algumas situações. Quando você está em liberdade condicional você tem que cumprir condições específicas, como pagar todos os custos judiciais e multas, tomar um programa de reabilitação de drogas e álcool se o abuso de substâncias estava envolvido, relatar regularmente a um oficial de condicional, e não cometer mais crimes.
O não cumprimento de qualquer condição de liberdade condicional pode resultar em um tribunal revogando a liberdade condicional e impondo uma sentença de prisão, impondo multas adicionais, estendendo o tempo de liberdade condicional ou outras penalidades.

Restrição de armas de fogo

Lei federal de armas de fogo proíbe qualquer criminoso condenado de possuir uma arma. Isso significa que se você for condenado por um crime de disparo ilegal de arma de fogo, você será obrigado a se livrar de qualquer arma que você já possui, e você não será autorizado a comprar novas legalmente nunca mais.

Um detalhe, isso tudo não tem jeitinho, se sentenciado o indivíduo irá cumprir; integralmente, sem esse de cumorir 1/4 de pena, sem indultos e tantos outros benefícios ao condenado.

Portanto para instituir liberdade similar a liberdade americana, precisamos primeiro adequar nossa legislação. Se tivermos legislação adequada, não precisamos ter um controle exagerado e burocrático.

Mas isso é uma mudança cultural, pois ao passar a termos penas mais rígidas e conquistarmos a liberdade que queremos, as pessoas terão de se adequar, legalmente falando. Afinal no Brasil estamos acostumados a ver pessoas matando pessoas e saindo pela porta da frente das delegacias, então é fato que sem mudanças, nunca teremos essa liberdade.

section-ff4c4ec
https://cacbrasil.org.br/wp-content/uploads/2021/05/politic-700x438.jpg
Sindicalistas do tiro

Mas e aqueles que nos vendem o modelo de liberdade como se fosse algo fácil?

Estes não te contam essa parte sobre legislação abordada no texto acima... Não contam e nunca contarão porque enquanto existir o sonho e ele for vendido como algo fácil, você vai pagar para ler, ouvir e fazer destes os mitos armamentistas, só que sem um modelo de  legislação eficaz, um cultura sólida e viabilidade política, esse modelo de liberdade nunca será uma realidade por aqui!

Pare para pensar que o dia que a tal liberdade for realidade, esses mitos serão desnecessários porque  seus "trabalhos" chegarão ao fim. Mas aí também chega ao fim o lucro que essa falta de liberdade garante aos "salvadores da pátria".

Os únicos capazes de conquistarem essa liberdade somos nós, unidos.

Bom essa parte sobre legislação -abordada no texto acima - ninguém conta? Não contam e nunca contarão porque enquanto existir o sonho e ele for vendido como algo fácil, você vai pagar para ler, ouvir e fazer destes os mitos armamrntistas; só que não!

Pare para pensar que o dia que a tal liberdade for realidade, esses mitos serão desnecessários porque  seus "trabalhos" chegaram ao fim. Mas aí também chega ao fim o lucro que essa falta de liberdade garante aos "salvadores da pátria".

Os únicos capazes de conquistarem essa liberdade somos nós, unidos.

Qual o caminho

Qual o caminho então?

O caminho é reconstruir nossa cultura das armas, divulgando dados, informações, fatos e assim desconstruir as mentiras sobre o desarmamento. Tem livros que já ajudam nisso como o livro "Mentiram para mim sobre o desarmamento", Do Benê Barbosa; um livro que todos devem ter e compartilhar para que saibam a verdade.

Depois aprendermos a eleger políticos de verdade e não pessoas que gostamos por suas ações ou influência, mas que não são políuticos natos. Nós somos tão carentes, politivamente falando, há tanta desonestidade nesse meio que adotamos uma mania de eleger qualquer pessoa honesta para cargos políticos. O problema é que la dentro ficam perdidos e não sabem como agir politicamente.

Fato que temos muitas personalidades, pessoas que foram "herois" por um dia e lá dentro não estão desempenhando um papel importante para nós, armamentistas. Basta o cara falar o que queremos ouvir e o elegemos com "arminhas na mão! Mas e depois, o que eles fizeram?? Nada ou muito pouco, não por falta de atitude mas sim por falta de articulação política; pior ainda, muitos se elegeram às nossas custas e deram as costas!

Política no Brasil

Como funciona a política no Brasil

No Brasil vivemos a política sob o modelo de república federativa presidencialista, formada pela União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, o exercício do poder é atribuído a órgãos distintos e independentes, submetidos a um sistema de controle para garantir o cumprimento das leis e da Constituição.

A criação de uma lei é feita da seguinte maneira: alguém propõe; uma das casas do Congresso (geralmente a Câmara) inicia o processo e a outra (senado) revisa. Nesse caminho, podem surgir emendas (alterações).

No final, o presidente da República pode vetar (recusar) ou sancionar (aprovar) o projeto.

O congresso possui duas casas, Senado Federal (integrado por 81 senadores, que representam as 27 unidades federativas (os 26 estados e o Distrito Federal) e a Câmara dos Deputados (integrada por 513 deputados federais, que representam o povo).

Por isso um presidente não pode, sozinho, criar uma lei e aprovar; precisa passar por todos esses políticos acima, nas duas casas (câmara e Senado) e quanto mais deputaods e senadores forem de direita e armamentistas, mais provavel que a lei seja aceita e chegue ao presidnete para ser sancionada (aprovada).

Por falta de compreensão de como tudo isso funciona, isso muitos atacam Bolsonaro!

Por isso que em 27 anos como deputado, o attual presidnete Bolsonaro teve apenasdois projetos aprovados. Desde 1991 no cargo de deputado federal, Jair Bolsonaro apresentou cerca de 170 propostas.

E por fim a união, se nos unirmos seremos gigantes, um verdadeiro eleitorado relevante politicamente. O que um político mais tem medo é de se candidatar e não se eleger; de não ganhar voto!

Se formos número suficiente para elegermos um político, seremos a voz do povo de verdade.

Assim segue nossa mentalidade, reconstruindo a cultura das armas, promovendo políticos armamentistas - não qualquer pessoa armamentista - e orientado as pessoas com honestidade qual é o verdadeiro caminho para a liberdade com união.

Não podemos nos fragilizar e acreditar que "do dia para noite" teremos a liberdade que queremos. Se formos ver a liberdade já temos, podemos ter armas, haja visto que vivemos em um país que tem a lei 10826 - estatuto do desarmamento. Os problemas são outros, a dificuldade de comprovar efetiva necessidade para o porte e a extrema burocracia na aquisição de produtos controlados (armas, munições e peças de reposição) que por sua vez afeta o mercado interno e o esporte.

Qual a lógica em afirmar que não temos liberdade, para ter armas, se no Brasil o estatuto do desarmamento permite ao cidadão comprar até 4 armas pelo SINARM e até 30 pelo SIGMA?

Não tem lógica nisso correto? Esse sistema apenas dificulta ao máximo a aquisição de armas, mas qualquer um que cumpra os requisitos pode comprar uma arma de fogo.

Não é a liberdade que queremos, mas não te impede de ter. A lógica é que muitos usam desse discurso para criar dificudades e vender facilidades...

O estatuto do desarmamento não te proibe de ter armas.

Essa lei criou muitas "Gretas do tiro" - falsos ativistas - que criam algo que não existe e depois te vendem a "facilidade" daquele sonho que "amanhã" teremos tanques em nossas garagens e Browning M2 em nossos guarda roupas!

Lembrem da máxima "criam dificuldade para te vender facilidade", ditos pelos sindicalistas do tiro!

Típico daqueles que aspiram cargos publicos ou que lá estão e querem se manter, afinal enquanto houver essas dificuldades, eles se manterão "vivos"!!!

Objetivos

Menos impostos

É um absurdo o que fizeram com os impostos nesse setor, tudo para dificultar o acesos às armas. Hoje uma arma de fogo que poderia custar 1500 reais custa 4 mil reais. Só de impostos são mais de 60%, o que afasta investidores, novas aquisições e dificulta as pessoas a ter o acesso, tanto no esporte como na legítima defesa.

Abertura de mercado

Que tenhamos liberdade para escolher o que queremos. Com a abertura de mercado, que deve ocorrer com um cenário politico mais favorável às armas, impostos mais baixos e menos burocracia para as grandes indústrias se instalarem, a economia cresce, aumentam as vagas de empregos e a concorrência gera um mercado muito mais interessante ao consumidor final.

Quais os objetivos da mudança que queremos?

Deferimento do porte de armas para quem quer e cumpre os requisitos.

A vida é a maior prova de efetiva necessidade, se estou vivo e tenho direito à vida, logo preciso defendê-la e ninguém tem o direito de julgar essa necessidade. Se podemos ter por que não podemos portar??

Flexibilização na posse

A quantidade de armas e munições, liberdade nos calibres e facilidade no transporte/porte é de suma importância para manter nossos direitos à defesa e ao esporte íntegros e com liberdade.

Legislação mais efetiva

Todos anseiam por segurança, quem comete crime com armas é quem deve ser culpado, como é em todo crime. Não se deve culpar o objeto e sim o indivíduo.

Menos controle e mais eficiência

O controle das armas e munições deve ser feito por um organismo competente. O cidadão cumpre os requisitos, conquista a posse e o porte, ele decide se quer caçar (no que diz respeito às leis atuais), atirar esportivamente, colecionar ou apenas manter a posse de sua arma.

Seria simples, um órgão fiscalizador único que emita posse e porte. Hoje temos duas entidades federais controlando armas no Brasil, o SINARM através da Polícia Federal e o SIGMA através do exército. Por que não uma agência privada, legalizada e competente nesse controle, prestando contas às entidades federais sobre os cidadãos que possuem armas e emitindo as licenças de posse e porte para que o cidadão faça o uso como preferir. Como deveria ser:

Cidadão quer caçar?
De posse dos documentos de porte e posse ele busca uma agência reguladora e se cadastra para caçar/controlar espécies invasoras.

Cidadão quer Praticar o tiro?
De posse dos documentos de porte e posse ele busca um clube de tiro, federação e ou confederação e pratica o tiro esportivo.

Cidadão quer colecionar?
De posse dos documentos de porte e posse ele regulamenta sua coleção junto à entidade histórica e coleciona.

Cidadão quer apenas se defender?
De posse dos documentos de porte e posse ele mantém sua arma em seu domicílio e faz treinos esporádicos e ou pratica o tiro prático.

Simples assim; com uma única licença de posse e porte o cidadão define o que melhor convier para lidar, legalmente, com seu armamento.

Mas isso tudo só vai mudar com mentes inteligentes e que entendam isso, não existe vitória sem sem estratégia.O caminho mais fácil é sempre o caminho impossível.

Esse ponto de vista é sensato e real, se parar para pensarmos o que mais implica em nossa revolta é o porte de armas que não nos é deferido por conta de comprovação da efetiva necessidade, se não fosse isso, poucos reclamariam. Concentraríamos nossas pautas em cima dos impostos;  infelizmente sempre haverão oportunistas em todos os segmentos e estes se alimentam das dificuldades da massa para se manterem satisfeitos, com essa opinião, estamos  formando uma mentalidade mais condizente, honesta  e sensata para os nossos seguidores, associados, visitantes e demais pessoas que estão envolvidas conosco.

Poderíamos também entrar nessa onda e remar em favor de todos que se beneficiam disso, afinal a maioria adora acreditar nessas facildiades, mas somos diferentes e agimos com caráter porque no fundo no fundo o que queremos de verdade é ter o modelo de liberdade americana para ter e portar armas e viver num país onde nossa cultura armamentista volte a fazer parte das gerações futuras, como fizeram da nossa, em nossas infâncias.

Se você compactua com essas ideias, apoie a nossa entidade, infelizmente só podemos ter essa representatividade e formar essa opinião em mais pessoas com a sua ajuda.

Temos alguns planos associativos e dentre eles destacamos o plano UNION que possui valor simbólico e permite nos apoiar nessa reconstrução da cultura das armas.

section-30e742e

Faça parte associe-se

union

UNION

R$65,00 *anual
*plano representativo com pagamento à vista - boleto bancário
  • Kit Associado
  • CAC Vantagens
  • Grupos exclusivos
  • Representatividade eleitoral
  • Acesso em áreas exclusivas do site
  • Apoia a reconstrução da Cultura das Armas

Plano Union

O plano UNION é um plano para que nossa estratégia funcione, com esse título você nos dará representatividade política, para que possamos juntos elegermos políticos armamentistas que apoiam o esporte do tiro e a legítima defesa.
Além disso apoia e patrocina nossas campanhas pela reconstrução da cultura das armas e todo nosso trabalho social em prol da pauta armamentista.

Oferecemos outros planos associativos que contemplam vantagens em produtos e serviços com nossos parceiros. temos mais de 30 mil parceiros em nosso clube de vantagens varejista além dos parceiros que apoiam o esporte do tiro.

Enviamos para todos os associados de todos os planos carteirinha em pvc e certificado emitido em papel verge através dos CORREIOS para o endereço cadastrado em nosso sistema.

section-4de3d42

Você também pode compartilhar esse conteúdo e ajudar a unir mais pessoas com essas ideias e propósitos reais, nos ajudando dessa forma a atingirmos nossos objetivos.